_*Por que rezar?*_ Nizan Guanaes

Texto espetacular de Nizan Guanaes, renomado e brilhante publicitário brasileiro e empresário na área de Comunicação.

_"Inspirado por Abilio Diniz e pelo meu personal trainer, comecei a rezar todas as manhãs. Leio os jornais e depois rezo._

_No início, foi como começar a correr e fazer exercícios, uma decisão intelectual, um gesto de disciplina, que você faz por obrigação e pouco prazer._

_Mas, aos poucos, aquilo foi virando um oásis neste momento atribulado que, como qualquer empresário brasileiro, eu vivo._

_Esta é uma crise brava, em que você tem que fazer sacrifícios para salvar o todo e vencer a crise. Um momento duro, de decisões duras, mas decisões necessárias e inadiáveis._

_Neste momento, é preciso pedir a sabedoria que o jovem Salomão pediu a Deus. A sabedoria que David, o estadista, pediu tanto a Deus._

_Só mesmo Deus vai nos dar, por meio de seu Espírito Santo, as virtudes que não temos. No meu caso, por exemplo: paciência, sabedoria, parcimônia._

_David diz nos seus lindos Salmos que o Senhor salva o homem e a besta. Tem uma besta no homem. E, se deixar a besta solta numa crise como essa, a besta desembesta._

_Não rezo para ser santo. Rezo para ser homem, para ser humano. No sentido divino dessa palavra: ser um líder humano, um profissional humano, um marido humano, um pai humano._

_Humano como Francisco, o Papa, que ao escolher seu nome já apontou o caminho. Que em dois anos tirou a Igreja Católica do intramuros do Vaticano e a trouxe de volta aos homens e às mulheres do mundo todo e de todas as fés._

_Minha amiga Arianna Huffington, uma das empresárias e mulheres mais interessantes destes tempos modernos, me ensinou a prestar mais atenção em meditação em seu novo livro, “A Terceira Métrica”, publicado no Brasil pela editora Sextante._

_Nos Estados Unidos, só se fala em “mindfulness”, em meditação. Até no Massachusetts Institute of Technology, o famoso MIT, meca mundial da tecnologia, se fala disso._

_Roberto Zeballos, que é um dos médicos mais modernos do Brasil, fala muito em meditação._

_Rezar é meditar. E fortalece muito o empresário. É bom para quem tem fé, é bom para quem quer ter fé, é bom para quem quer ter paz, é bom para quem quer ter foco e discernimento._

_Quando você reza ou medita, você foca, concentra, reúne forças, toma o controle da sua vida. Você toma o controle da besta, como a inveja, a usura, o olho gordo, a pequenez, o medo e os instintos animais que existem em cada um de nós._

_Sem a oração e a meditação a gente desembesta a fumar, a beber, a tomar Rivotril. Desembesta a sofrer e a passar as noites acordado. Desembesta a pensar com o fígado em vez de pensar com a cabeça, com o coração e com a alma._

_A besta é uma má pessoa e um péssimo empresário. Rezar é o meu antídoto contra ela._

_A oração torna todo dia o dia 25 de dezembro. Por meio da oração nasce a cada dia um menino Jesus em nós. Rezar é um Natal na alma!_

_Acreditar em Deus evita que a gente se ache Deus. E evita que a gente seja movido pela besta que está no homem._

_É por isso que, a cada manhã e a cada noite, eu rezo. Não para ser santo, como disse, mas para não ser besta. Para ser homem._

(Nizan Guanaes)

Anúncios

Para reflexão.

Recordar que a morte é o fim de nossa jornada terrena nos leva a repensar as coisas pelas quais lutamos hoje. O que afinal apresentaremos a Deus, de nossas misérias e conquistas neste mundo, quando estivermos face à face? O que Ele resgatará de nossa vida pouco que seja para completar sua Graça? Como devolveremos a Deus a vida que recebemos? Cultivada e frutificada com atitudes como a solidariedade, a fraternidade, a partilha, a misericórdia, o amor? Ou desperdiçada no egoísmo, na ilusória busca de riquezas e bens?
Quantos vivem em função do dinheiro, tudo orientando para a satisfação dos próprios desejos…. O ensinamento de Jesus, porém, passa longe da ganância e do desejo de riquezas e poder. É verdade que ninguém vive sem dinheiro, e lutar por uma vida melhor e mais digna é fundamental. Mas viver indiferente à miséria alheia, na ilusão de querer somente acumular riquezas, considerando-as o essencial é deixar passar a única oportunidade que temos para dar sentido à vida, nosso único bem verdadeiro, Vale recordar o papa Francisco, que na exortação Evangelii Gaudium (n. 189) fala da solidariedade, a atitude contrária à ganância do homem rico da parábola: “A palavra ‘solidariedade’ significa muito mais do que alguns atos esporádicos de generosidade; supõe a criação de uma nova mentalidade que pense em termos de comunidade, de prioridade da vida de todos sobre a apropriação dos bens por parte de alguns” .
Jesus convida a acumular tesouros para Deus. E só é rico para Deus quem ajunta os valores que o Mestre ensinou. Certa vez ouvi que uma pessoa era tão pobre, tão pobre, que a única coisa que tinha era muito dinheiro. A felicidade plena que desejamos ter em Deus, na eternidade, começa aqui, na alegria de construir com os outros algo de bom e duradouro. Porque, na lógica de Deus, pobre mesmo é quem não consegue partilhar. Pe. Paulo Bazaglia, ssp